29.4.06

Nhoque de travessa


Receita do Mauro Rebelo, um curinga para quem não tem tempo para fazer bolinhas e cozinhá-las. Mesmo que a massa não fique com uma consistência boa para enrolar, eu coloco pouca farinha e boto tudo em um pirex, aliso a superfície com a maionese e as costas de uma colher. Fica muito bom e é super simples.


Nhoque de Travessa

1 kg de batatas boas para cozinhar
2
ovos
2
colheres (sopa) de margarina
300g
farinha de trigo (o suficiente para dar ponto)
sal
1-2 c. sopa de maionese
queijo ralado

Cozinhe e esprema a batata como para purê, junte a margarina, os ovos, sal e vá juntando a farinha. Não ponha muita farinha, que tornará o nhoque pesado e duro.

Coloque a massa do nhoque em uma travessa refratária untada. Cubra uma camada fina de maionese e queijo parmesão ralado. Leve ao forno para gratinar. Corte em pedaços e sirva com o molho de sua preferência.

ps. A Ana me deu uma bela dica: você pode rechear seu nhoque com fatias de presunto e queijo, humm!

****************************************

Very easy and simple way of making (a kind of) gnocchi because you just have to bake the dough without worrying about shaping little balls and boiling them, very good for those, like
me, who aren’t able to find the right dough texture. Recipe of Mauro Rebelo (site in Portuguese) here.

Baking dish gnocchi

1 kg potatoes
2 eggs
2 tablespoons butter
about 300g ap flour
salt
about 1-2 tablespoons mayonaise
grated parmesan cheese

Cook potatoes and make a puree, add butter, eggs, salt and enough flour. Don’t add too much flour or the dough will become heavy.

Spread dough evenly in a greased baking dish. Cover with a thin mayonaise layer and sprinkle some grated cheese. Bake in a 200C oven for about 20 minutes. Cut into small bite-size pieces and serve with sauce of your choice.

PS. Ana gave me a very good idea: you could fill your gnocchi with cheese and ham slices!

27.4.06

Salada de castellane com gorgonzola

Do site Marmiton (em francês). Adicionei as pêras para equilibrar o sal do presunto e do queijo e ficou delicioso.

Salada de castellane com gorgonzola

- 300 a 400 g de castellane (ou outro tipo de macarrão)
- 200 g de gorgonzola (
ou roquefort)
- 150 g de
presunto de parma
-
um punhado de azeitonas pretas
- 1 c.
sopa de vinagre
- 6 c. sopa de azeite
- 1 maço de manjericão fresco
- 1 ou duas pêras sem sementes em fatias
- sal e pimenta

Cozinhe a
massa "al dente" em água fervente com um pouco de sal. Escorra, misture um fio de azeite para que não ela grude.
Misture o
azeite, o vinagre, sal e pimenta em um recipiente grande. Adicione a massa, o gorgonzola em cubinhos, o presunto em fatias, as azeitas e as fatias de pêras. Polvilhe com o manjericão e sirva.

********************************
Recipe from the Marmiton cooking website (in French). I added pears to balance the ham and blue cheese saltiness and it was delicious.

Blue cheese and
pasta salad

- 300 to 400 g castellane pasta (or other, of your choice)
- 200 g blue cheese (gorgonzola or
Roquefort)
- 150 g de
Parma ham
- a handful black olives
- 1 tablespoon vinegar
- 6 tablespoons olive oil
- 1 bunch fresh basil, chopped
- 1 or 2 ripe and firm pears sliced
- salt and pepper to taste

Cook pasta in large pot of boiling salted water until just tender but still firm to bite (al dente). Drain. Add a little olive oil and stir gently.
In a large bowl, combine vinegar, salt and pepper. Add pasta, diced blue cheese, slices of Parma ham, olives and sliced pears. Sprinkle basil and serve immediately.

26.4.06

Around the world meme


ReineFeuille has tagged me for this meme about foodblogs.

1. Please list three recipes you have recently book marked from food blogs to try:
Gâteau yaourt aux pommes, raisin et sésame from Les délices de Reinefeuille
Chocolate cherry cake from Esurientes
Poulet rôti aux cacahuètes from Tasca da Elvira
Sweet things
are a no-no here, but I believe that it is always good to have a good dessert recipe just in case...

2. A food blog in your vicinity
Deposito Damasco is a Brazilian foodblog.

3. A food blog located far from you
Definetely Pecado da Gula, Akemi writes from Japan.
 
4. A food blog (or several) you have discovered recently (where did you find it?)
 
5. Any people or bloggers you want to tag with this meme?
Anyone is free to answer this meme.
 

18.4.06

Cake salgado de atum, pimentão e orégano

Este cake é da revista "Cuisine et vins de France", ele é bem gostoso. Talvez da próxima vez eu adicione menos azeite. O pimentão dá um efeito muito bonito, não é mesmo?

Cake de atum, pimentão e orégano

220 g de farinha
4 ovos
250g de atum em lata conservado em água (2 latinhas, de preferência daquelas de atum em lascas e não sólido)
1 pimentão vermelho grande ou 1 vidro de pimentão em conserva (eu costumo lavar o pimentão, coloco-o em uma assadeira e deixo no forno virando de vez em quando para não queimar, depois eu o retiro, deixo esfriar e retiro a pele, acho mais simples do que “queimá-lo” sobre a chama do fogão)
75 g de queijo ralado
100ml de vinho branco
100ml de azeite
1 c. chá de fermento em
2 c. sopa de orégano
sal e pimenta

Preaqueça o forno à 210C. Unte e forre o fundo de uma forma de bolo inglês com papel manteiga (é bom fazer isso porque o bolo gruda mesmo). Escorra o atum e corte o pimentão em tiras no sentido do comprimento.

Misture a farinha, o fermento, 1 boa pitada de sal e um pouco de pimenta. Adicione os ovos, o vinho, o azeite, o queijo, o atum e o orégano, misture muito bem. Coloque metade da massa na forma, coloque as tiras de pimentão e cubra com o resto da massa. Asse por cerca de 45 min. Insira uma faca no centro do cake, se sair limpo, está pronto. Desenforme morno e sirva frio com uma salada.


*************************************

I'm becoming a fan of this kind of cake, this one is also from "Cuisine et vins de France". I think that you could add about 60ml olive oil. Quite good, the red bell pepper gives it a beautiful touch.

Tuna, red bell pepper and oregano Cake

220g ap flour
4 eggs
250g tuna, canned in water, shredded and drained
1 large red Bell pepper (place it in a baking dish and bake it for some minutes, turning it from
time to time, let it cool, peel and cut into long stripes)
75 g grated cheese
100ml White wine
100ml olive oil
1 teaspoon baking powder
2 tablespoons oregano
salt and pepper to taste

Preaheat oven to 210C. Grease and line bottom of a loaf pan with wax or parchment paper.
Mix flour, baking powder, salt and pepper.
Add eggs, White wine, olive oil, grated cheese, tuna, oregano, and stir well. Pour half the dough mixture into the pan, arrange red Bell stripes, and cover with the remaining dough. Bake for about 45 min. Unmold warm and serve at room temperature with a salad.

13.4.06

Feliz Páscoa!

Boa Páscoa a todos! Vou descansar neste fim de semana, ficar um pouco longe das panelas, porque ninguém é de ferro, e comer coisas gostosas! (Infelizmente, sem chocolates, por causa dessa dieta que não vai nem racha...)

**************************

Happy Easter! I'll have a short holiday break but I'm returning soon! Loads of chocolate for everybody!

12.4.06

Pão integral rústico de coalhada

Esta receita é da revista Saveur (em inglês). O pão é super fácil de fazer porque não leva fermento biológico, por isso, também é bom lembrar que não se deve ficar "amassando" a massa como nas outras receitas. Fiz metade e achei de bom tamanho, ele se conserva bem.

Pão integral rústico de coalhada

475g de farinha
475g farinha de trigo integral
¾ c. chá de bicarbonato de sódio
¾ c. chá de sal
1 c. sopa de manteiga
350ml coalhadavenda nos supermercados junto com os iogurtes!)

Preaqueça o forno à 180C. Polvilhe 1 c. chá de farinha no centro de uma forma e reserve. Reserve mais 2 c. de chá de farinha.

Misture o resto da farinha, a farinha de trigo integral, bicarbonato de sódio e sal em um recipiente grande com as mãos, adicione a manteiga desmanchando-a com os dedos e incorporando-a com os ingredientes secos. Faça um buraco no centro da mistura e adicione a coalhada. Incorpore os ingredientes devagar, até que a massa forme uma bola grosseira. Coloque na assadeira enfarinhada e molde uma bola (sem amassar como os pães feitos com fermento biológico, apenas forma ao pão).

Use uma faca para cortar uma cruz na parte de cima do pão. Polvilhe com a farinha reservada e asse até dourar, uma batida no centro do pão deve produzir um som oco, cerca de 70min. (Se fizer metade, o tempo será menor). Embrulhe o pão em um pano de prato limpo e deixe esfriar por 2 horas. Fatie e sirva à temperatura ambiente ou tostado com manteiga e geléia.

**********************************

From the "Saveur" magazine. Easy to make, no work at all, no kneading. I made half the recipe and had a quite nice loaf.

Pint Glass Bread
 
(If you use a pint glass to measure the ingredients, note that the vessel in question is a 20 ounce imperial pint glass)
1 pint glass (2 ½ cups) ap flour
1 pint glass (2 ½ cups) whole wheat flour
¾ tsp salt
¾ tsp baking
soda
1 tbsp. butter
¾ pint glass (1 3/4 cups) buttermilk

Preheat the oven to 375F. Sprinkle 1 tsp of the all purpose flour over the center of a baking sheet and set aside. Put 2 tsp of the all purpose flour into a small bowl and set aside. Meanwhile, put remaining all-purpose flour, whole wheat flour, baking soda, and salt into a large bowl and mix well with your hands to combine. Add butter, breaking it up into small pieces with your fingers, and mix it into flour mixture until combined. Make a well in the center of the flour-butter mixture and add buttermilk. Slowly incorporate buttermilk into flour mixture with your hands until a rough ball forms, then turn out onto a lightly floured surface and form into a neat ball (without kneading).

Transfer dough to center of baking sheet and press gently to form a 7 ½” wide round. Using a sharp knife, slash a cross ½” deep across the entire top of the loaf and dust top of loaf with the reserved flour. Bake until bread is light golden and a tap on the bottom of the loaf sounds hollow, about 70min. Wrap bread in a clean kitchen towel, prop against a windowsill, and allow to cool for about 2 hours. Slice and serve at room temperature or toasted, with a slathering of butter or jelly.

 

11.4.06

Lombo de porco assado no leite

Outra forma de preparar lombo de porco, a carne é cozida no leite e vai ao forno apenas para dourar. A carne fica macia e com sabor suave.


Lombo de porco assado no leite

1 lombo de porco de cerca de 1,5kg
1 l de leite (ou mais dependendo do tamanho da panela)
3 dentes de alho
1 c. chá de ervas finas
sal e pimenta

Amarre o lombo com um barbante para que ele não perca a forma (como dá para ver, eu não fiz isso). Coloque a carne em uma panela com os dentes de alho descascados e amassados e as ervas, cubra com o leite e tempere com sal e pimenta. Leve ao fogo, espere ferver e diminua a temperatura para que a carne cozinhe devagar, cerca de 1 hora com a panela semi-tampada.
Preaqueça o forno à 240C. Retire o lombo da panela e coloque-o em uma assadeira ou pirex junto com cerca de 200ml do leite no qual ele foi cozido. Asse por cerca de 30 min, ou até que fique dourado.



*******************************

A different way of roasting pork loin.

Pork loin roasted with milk
1 pork loin (1,5kg)
1 l milk (or more depending on how big the saucepan is)
3 cloves garlic
1 teaspoon fine herbes
salt and pepper to taste

Tie the meat so it will hold its shape. Put it in a saucepan, cover with milk and add peeled garlic and fine herbes. Season with salt and pepper. Cook it over medium heat. Reduce heat after it starts to boil and simmer half covered until it is done (about 1 hour).
Preheat oven to 240C. Remove pork loin from the saucepan and place it in a baking dish with about 200 ml of the milk in which it was cooked. Roast for 30 min, or until brown.

9.4.06

Salada de tomates à moda de Múrcia

Depois que você experimentar esta salada, nunca mais ver os tomates da mesma forma!


Salada de tomates à moda de Múrcia

1 kg de tomates grandes maduros e firmes
2 dentes de alho descascados
3 c. sopa de vinagre
1 c. café de cominho
1 pitada de páprica
100ml azeite
4 ramos de tomilho fresco (eu não tinha)
sal e pimenta do reino

Mergulhe os tomates rapidamente em água fervente e descasque-os. Corte-os no meio e retire o máximo de sementes que conseguir. Reserve um tomate e corte os demais em rodelas. Arrume as rodelas em uma travessa formando uma camada, evitando colocá-las umas sobre as outras.


No liquidificador, bata o tomate reservado, os dentes de alho, o vinagre, o azeite, a páprica, o cominho, o sal e a pimenta. Espalhe este molho sobre os tomates e decore com as folhas de tomilho.


************************************


This recipe wil change your opinion about tomato salads!

Murcia style tomato salad
1 kg large, ripe and firm tomatoes
2 cloves garlic, peeled
3 tablespoons vinegar
1/2 teaspoon cumin
1 pinch paprika
100ml olive oil
4 little branches fresh thyme
salt and pepper

Peel the tomatoes plunging them for a few seconds in a saucepan of boiling water. Cut them in half and remove as much seeds as possible. Set a tomato aside and slice the others. Arrange the slices on a serving dish in a single layer.


Blend the reserved tomato with garlic, vinegar, cumin, paprika, olive oil, salt and pepper, until smooth. Pour this sauce over the tomato slices, garnish with thyme branches.

8.4.06

Makhouda de berinjelas (ou frittata tunisiana de berinjelas)

Nome estranho, não é mesmo? Não sei qual a tradução, mas é uma ótima receita com a qual me deparei no blog "The Flying Apple" que, por sua vez, a tinha encontrado no "The traveler's Lunchbox". Se você for um amante de berinjelas, irá adorar esta fritatta, não tinha água de rosas e harissa, um tipo de conserva de pimenta, (usei um pouco de pimenta calabresa no lugar), mas estou disposta a procurar esses ingredientes em São Paulo. Fiz metade.


Makhouda de berinjelas (ou frittata tunisiana de berinjelas)

Notas: Sirva como acompanhamento de tagines ou como prato principal com uma salada verde. Os tunisianos também fatiam a frittata e fazem sanduíches. 

1 berinjela grande
sal para polvilhar a berinjela
1/4 x. azeite
1 cebola média bem picadinha
1 pimentão vermelho sem sementes picado
8 ovos grandes
um punhado de salsinha picada ou coentro (ou uma mistura dos dois)
4 dentes de alho picados
225g de gruy
ère em cubos
1/2 x farinha de rosca
1 c. chá de bharat (um tempero tunisiano, pode ser substituído por uma mistura feita com: 1/2 c. chá de pimenta do reino, 1/4 c. chá de canela em pó e 1/2 c. chá de água de rosas)
3/4 c. chá de sal

harissa (pasta de pimenta norte africana) or pimenta calabresa ou de caiena (opcional)
pedaços de limão para a guarnição 

Descasque e corte a berinjela em cubos. Polvilhe com um pouco de sal e coloque tudo em uma peneira para escorrer por cerca de 20 minutos. Use papel absorvente para enxugar o excesso de liquido.

Preaqueça o forno à 200C. Aqueça o azeite em uma panela em fogo médio e refogue a berinjela, a cebola e o pimentão, mexa de vez em quando até que os legumes fiquem dourados e macios, cerca de 20-25 minutos. Transfira a mistura para uma peneira para que escorrer o máximo possível de óleo.

Em uma tigela, misture os ovos, as ervas, o alho, o queijo e a farinha de rosca. Adicione a mistura de berinjela. Tempere com o bharat, sal e a harissa ou pimenta de caiena (ou pimenta calabresa). 

Unte um pirex ou forma de suflê (capacidade para 500ml) com óleo. Coloque a mistura de ovos e asse até que fique dourado e cresça, cerca de 40-45 minutos (uma faca inserida no centro deve sair limpa). Deixe esfriar por 10 minutos antes de desenformar (você também pode deixá-lo no pirex). Corte em pedaços ou quadrados e sirva quente ou à temperatura ambiente junto com pedaços de limão.



************************************

Nice dish, very different from any frittata I've tasted. If you love eggplant like I do, you'll enjoy it. Recipe found on the "The Flying Apple", from the "The traveler's Lunchbox" blog. I've not used rosewater and harissa, buy I'm certainly going to buy these ingredients.



5.4.06

Lagarto com molho de atum

Outra receita com lagarto, também achada no Cybercook. Adorei! É um tipo de "Vitello Tonato" de pobre, para quem não sabe esse é o nome de um prato de origem italiana feito com vitela (o bezerro..).

Notaram que não tenho feito doces? Pois é, estamos de dieta novamente, desta vez é O, e quando ele faz dieta, eu não posso nem pensar em abrir o saco de açúcar. Vamos ver quanto tempo ele aguenta, afinal, a Páscoa está chegando....


Lagarto com molho de atum

 
- 1 kg de lagarto
- 1/2 xícara(s) (chá) de vinagre branco
- 1/2 xícara(s) (chá) de água

Molho

- 1 lata(s) de atum
- 1/2 xícara(s) (chá) de creme de leite
- 2 colher(es) (sopa) de alcaparra
- quanto baste de azeitona verde picada(s)
- 1 colher(es) (sopa) de salsinha picada(s)
- 1 colher(es) (sopa) de cebolinha verde picada(s)
- quanto baste de sal

Limpe toda a gordura do lagarto,amarre-o para que mantenha a forma,depois de assada. (Eu não amarrei)
Aqueça uma panela de pressão antiaderente e coloque a carne para fritar,sem gordura,virando de vez em quando para que doure por inteiro. Como minha panela de pressão não era antiaderente, dourei a carne em outra panela antes.
Adicione o vinagre,a água e tampe.Deixe cozinhar em fogo beeem baixo por cerca de 50-60 de tempo total (antes de chiar+depois que começar a chiar). Não se coloca sal nesse primeiro momento.
Corte a carne em fatias e cubra com molho.Polvilhe com salsinha. Esta carne é para ser servida fria.

Molho

Coloque no liqüidificador o atum,o creme de leite, e batendo, acrescente um pouco (algumas colheres) do caldo do cozimento da carne.
Junte as alcaparras,azeitonas,a salsinha,a cebolinha,o sal e a pimenta.Misture bem com uma colher.

3.4.06

Carne seca com quibebe

 
Sempre tenho um pacote de carne seca guardado para quando os congelados acabam. Adoro carne seca, o quibebe é o complemento ideal. Só faltou um purê de feijão preto, se quiser prepará-lo, basta cozinhar o feijão preto com os temperos, batê-lo no liquificador e levá-lo ao fogo, mexendo, até que fique com a consistência desejada.


Carne seca com quibebe

Para a carne seca
cerca de 400-500g de carne seca
1 cebola grande fatiada
óleo
sal

Corte a carne seca em pedaços médios (não muito pequenos pois a carne pode perder seu sabor enquanto cozinhal) e deixe de molho na água de um dia para o outro, troque a água várias vezes.
Coloque em uma panela de pressão, cubra com água e cozinhe por cerca de 40 min em fogo baixo depois que começar a fazer barulho. Escorra (utilize a água para cozinhar o arroz), deixe esfriar e desfie a carne.
Refogue a cebola em um pouco de óleo até murcharem, adicione a carne e adicione sal, caso necessário.

Para o quibebe
1/2 abóbora kabocha
1/2 cubo de caldo de frango
água

Limpe e descasque a abóbora, corte em pedaços, coloque-os em uma panela, adicione água o suficiente para cobrir cerca de de 2/3 da abóbora, adicione o caldo de frango.
Tampe, cozinhe em fogo baixo até que a abóbora fique tão macia que baste misturar com uma colher para transformar tudo em um purê. Corrija o sal se achar necessário. (Se quiser, você também pode adicionar cebola e alho).


****************************************


This is a traditional Brazilian combination: jerked beef and squash puree. In Brazil you can find many kinds of jerked beef on sale in the markets, the prices vary according to the beef quality.
I always have jerked beef at home, it is very practical. If you want something even more "Brazilian" you can cook some black beans, puree them and serve with the squash puree and jerked beef, it'll be a perfect Brazilian meal.

Jerked beef and kabocha squash puree

 
For the Jerked beef
about 400-500g jerked beef
1 large onion, thinly sliced
vegetable oil
salt

Cut the jerked beef into medium pieces (not very small or the meat will lose its flavour while cooking), soak in water overnight, change the water three or four times.
Cook in a pressure pan with water to cover for about 40 min over low heat. Drain, let it cool down a little. (You can use the water to cook the rice). Shred the meat removing as much fat as possible.
Heat 1-2 tablespoons oil in a saucepan, add the onion and fry, stirring until translucent. Add the shredded jerked beef and season with salt if necessary.


For the puree
1/2 kabocha squash
1/2 cube chicken stock
water

Peel and deseed the kabocha, cut into medium pieces. Cook in a casserole, add water enough to cover 2/3 of the kabocha pieces, add 1/2 cube chicken stock. (You can add onion and garlic if you want)
Cover and cook over low heat until the pumpkin is soft, stir until you have a puree. Season with salt if necessary.

 

2.4.06

Maçã assada com queijo

Receita muito simples e fácil, porém, muito saborosa. O queijo pedido na receita da revista "Cuisine et vins de France" era o camembert, mas acabei usando gruyère e acho que nada se perdeu com essa substituição.


Maçã assada com queijo


4 maçãs médias
gruyère o sucifiente (corte metade em cubinhos e metade em tirinhas)
bacon, um pouco
pimenta do reino
100ml de vinho branco

Lave as maçãs e corte a parte de cima como se fosse uma tampa. Com cuidado, escave o miolo e faça um buraco sem desmanchar a fruta. Coloque um pouco de bacon picado e frito. Complete com os pedacinhos de gruyère e cubra com as tirinhas do mesmo. Polvilhe um pouco de pimenta do reino, tampe e arrume em um pirex ou assadeira. Derrame o vinho branco no fundo do pirex e asse por cerca de 30 min.


*********************************


Very easy and tasty recipe from "Cuisine et vins de France" cooking magazine. The recipe asked for camembert, but I used gruyère instead and didn't regret it.


Cheese-filled baked apple

4 medium apples
some gruyère (cut half into small cubes and half into little strips)
chopped fried bacon
pepper
100ml white wine

Wash apples a
nd slice off their tops to form a lid, core them and widen opening carefully. Fill them with some fried bacon (just a little) and cover with small cubes of gruyère, use the gruyère strips last, on top. Season with pepper, place apples in a baking dish, put their lids on and pour the white wine in the pan. Bake for about 30 min.