26.10.06

Frango com Sag

Receita do blog da Miki, o Cabeça Gorda, como ela explica, "sag" é espinafre na culinária indiana. Tinha congelado um maço de espinafre antes de ir para Fortaleza e resolvi colocá-lo em uso para desocupar espaço no freezer. Adoro pratos cheios de especiarias, acho que dá uma levantada na moral e não me decepcionei com este aqui, a combinação de sabores é perfeita! A Miki tinha escrito que o espinafre soltava muito líquido, para dar uma engrossada no molho, há dois truques: 1- você pode polvilhar o frango cortado com um pouco de farinha antes de cozinhá-lo, ou, 2- você dissolve um pouco de maisena em um pouco de água e acrescenta ao molho no final do cozimento. Usei a segunda opção, poderia ter engrossado mais, mas preferi assim. Também omiti os 100ml de água da receita original. Ficou delicioso com um arroz japonês integral.


Frango com Sag

2 colheres (sopa) de manteiga (usei óleo de canola)
2 cebolas cortadas fininhas
2 dentes de alho socados (usei fatiados)
1 colher (sopa) de sementes de mostarda
2 colheres (chá) de coentro em pó
2 colheres (chá) de gengibre em pó (usei um pedaço de gengibre fresco bem pequeno picadinho)
1 colher (chá) de chilli em pó
1 colher (chá) de açafrão em pó (usei açafrão da terra/cúrcuma)
1 kg de coxas de frango sem pele nem osso, cortadas em pedaços grandes (usei peito em cubos, dei uma temperada com sal antes)
125 ml de iogurte natural
500 g de espinafre novo (usei talos e tudo)
sal a gosto

Aqueça o óleo em uma panela grande e refogue ligeiramente o alho e a cebola. Os legumes não devem mudar de cor, apenas ficar transparentes. Agregue as especiarias e sal a gosto até que estejam fragrantes, mexendo sempre.
Acrescente o frango e mexa bem para que ele fique impregnado da mistura. No fogo moderado, refogue por cerca de 10 minutos, mexendo freqüentemente até que o frango tenha mudado de cor de todos os lados.
Adicione metade do iogurte, cozinhe por mais 5 minutos, mexendo quando necessário até que todo o iogurte seja absorvido.
(Eu não li a receita direito e não dividi a quantidade de iogurte, coloquei tudo na panela!).
Adicione o espinafre, mexa bem para misturar, tampe e cozinhe em fogo baixo por mais 10 minutos ou até que o espinafre tenha murchado e que o frango esteja macio quando testado com um garfo.
Revise os temperos, adicione um pouco de maisena dissolvida em água para engrossar o molho caso necessário, e sirva quente, regado com o restante do iogurte.
Eu fiz metade da receita.

**********************************************

Miki's recipe, as she explains on her blog, "sag" is spinach in the Indian cuisine. I had frozen some spinach before travelling two months ago and decided to cook it now to have some room in my freezer. I love spicy dishes, somehow I feel that they make me feel more energetic. I wasn't disappointed by this dish, a perfect combination of flavours!

Chicken with Sag

 
2 tbsp butter (I used canola oil)
2 thinly sliced onions
2 cloves garlic, minced
1 tbsp mustard seeds
2 tsp ground coriander
2 tsp ground ginger (I used fresh)
1 tsp chilli
1 tsp turmeric
1 kg deboned and skinned chicken thighs cut into big chunks (I used chicken breasts)
125 ml yogurt
500 g spinach
salt to taste

Heat oil in a large saucepan and sautée garlic and onion until translucent. Add the spices and salt until they are fragrant, stirring constantly.
Add the chicken and stir well to coat the pieces with the spice mixture. Cook for 10 minutes, until they are browned on all sides.
Add half the yogurt, cook for 5 minutes, stirring when necessary, until the yogurt is absorbed.
Stir in the spinach and cover. Cook over low heat for 10 minutes or until the spinach wilts and the chicken softens.
Taste the seasoning, and if the sauce is too liquid, add 1 or 2 tbsp of a mixture made with cornstarch dissolved in some water to thicken it. Serve hot with remaining yogurt and rice.

20.10.06

Bolo de mamão, aveia e nozes

Queria um bolo para usar um pedaço de mamão que tinha sobrado na geladeira. Sabe quando você compra um mamão e ele fica amarelo, mas continua meio duro e sem gosto, como se não tivesse amadurecido direito? Pois esse foi o caso desse mamão, comemos o que deu. Achei uma receita de bolo que adaptei tanto que prefiro nem dar a versão original, ele virou uma criação minha e fiquei muito orgulhosa com o resultado. Ele ficou muito macio e úmido, com gostinho de aveia e especiarias.


Bolo de mamão, aveia e nozes

110g de farinha
100g de farelo de aveia (ou aveia em flocos finos)
1/2 c chá de sal
200g de açúcar mascavo
1 c chá de bicarbonato de sódio
250ml (1 xícara) de mamão bem amassado
1/2 x de óleo de canola
2 ovos
1/2 x de nozes picadas
1/4 c chá de canela em pó
1/4 c chá de noz moscada em pó
1/4 c chá de cravo em pó (ou allspice)

Peneirar os ingredientes secos em uma tigela, em outra, misturar os ingredientes líquidos. Adicione essa mistura aos ingredientes secos, misture tudo muito bem. Coloque as nozes, mexa e despeje em uma forma de bolo inglês untada. Asse até que um palito inserido no meio do bolo saía limpo. Desenforme e sirva depois de frio.


****************************

I can say that this cake is (kind of) my creation and i'm very proud of it. It turned out very moist and delicious.


Papaya, oats and nut cake

 
110g flour
100g oat bran
1/2 tsp salt
200g dark brown sugar
1 tsp baking soda
250ml (1 cup) mashed papaya
1/2 c canola oil
2 eggs
1/2 c chopped walnuts
1/4 tsp cinnamon
1/4 tsp ground nutmeg
1/4 tsp ground cloves (or allspice)

Sift all the dry ingredients into a bowl. In another bowl, combine the liquids and eggs. Add this mixture to the dry ingredients and stir well. Stir in the wanuts. Pour the mixture into a greased loaf pan. Bake 50-60 minutes until a straw poked in the very center of the loaf comes out clean. Let it cool before serving.




9.10.06

Meme Bizarro - Bizarre Meme


Vi este meme em francês e em inglês, agora, como a Tschoerda passou a bola para quem quisesse respondê-lo, achei que era uma boa hora de passá-lo para o português!

1. Pegue o primeiro livro que encontrar por perto, abra-o na página 18 e copie o que está escrito na quarta linha de cima para baixo.
É de um livro que li para minha pesquisa chamado O pensamento europeu no século XVIII:
Swift torna nossa própria existência odiosa. No país dos... (Swift nous rend odieuse notre existence même. Au pays des...)

2. Qual o último programa que você assitiu na TV?
Uma série nova chamada Night Stalker. (Por coincidência, lembra o Arquivo X)

3. Sem olhar, tente adivinhar que horas são:
13:10h?

4. Confira, agora são/é:
13:54h

5. Que barulho pode ouvir além daquele do seu computador?
Não sei dizer o que é, mas parece música de algum instrumento de ruído grave.

6. Quando você saiu pela última vez e o que fez?
Fui a aula de alemão no sábado de manhã.

7. O que você está vestindo agora?
Uma calça capri preta, uma blusa branca com listras vermelhas, havaianas azuis.

8. O que estava assistindo antes de começar este meme?
Humm, este meme tem um problema de memória! Vi Night Stalker.

9. Você sonhou esta noite?
Eu sonho bastante, mas não me lembro de nada sobre os sonhos desta noite.

10. Quando riu pela última vez?
Eu rio com frequência, meu marido gosta de falar bobagens!

11. O que há nas paredes da sala em que está?
Quadros, várias reproduções (entre elas a da pintura de Gustav Klimt, foto acima). Estantes com livros.

12. Viu algo estranho hoje?
Um filhote de lacraia enquanto lavava o box do banheiro.

13. O que acha deste meme?
Divertido.

14. Qual foi o último filme que assistiu?
Inteiro? Balzac e a Costureirinha chinesa.

15. Se você ficasse milionário de um dia para o outro, qual seria a primeira coisa que compraria?
Uma passagem (só de ida) para algum lugar na Europa.

16. Diga algo sobre você que a gente ainda não saiba
Acho que já disse quase tudo... Tenho várias pintinhas no rosto.

17. Se pudesse mudar algo no mundo, com exceção da culpabilidade e da política, o que seria?
Acabaria com o preconceito.

18. Gosta de dançar?
Eu gostaria de saber dançar, mas não sei e morro de vergonha disso!

19. Georges Bush?
Não vale a pena desperdiçar palavras com ele.

20. Que nome escolheria se tivesse uma filha?
Alena.

21. E se fosse um menino?
Não sei, talvez Ulisses, por causa do personagem de Homero, ou Fernando, por causa do Fernando Pessoa.

22. Já pensou em morar em outro país?
Quase todos os dias.

23. O que gostaria que deus lhe dissesse quando cruzasse as portas do paraíso?
"Você deveria ter tido fé!"

24. Quais são os 4 outros bloggers que deseja convidar a responder este meme?
Qualquer um que deseje responder!



****************************************

Ok. Tschoerda left an open invitation on her blog and i really thought that aswering this meme would be fun so...

take the first book that you find underhand, open it on page 18 and copy what’s written on the fourth line from the top:
From a book i read for my thesis "La pensée européene au XVIIe siècle":
Swift makes our own existence hateful to ourselves. In the land of... (Swift nous rend odieuse notre existence même. Au pays des...)

what was the last program you watched on tv?
The first episode of Night Stalker (it is pretty much like the X-Files)

without verifying, try to guess the time it is?
about 13:10?

check out. it is:
13:54

which noise can you hear apart from the one of your computer?
An odd noise, like a musical instrument.

when did you go out for the last time and what did you do?
I went to my German class last Saturday morning.

what are you wearing now?
Black pants, red and white blouse and blue slippers.

before you started this meme, what were you looking at?
This meme has a memory issue... I watched Night Stalker.

did you dream this night?
I use to dream a lot, but i don't remember dreaming anything today.

when did you laugh for the last time?
I laugh everytime, my husband is always making jokes!

what’s on the walls of the room in which you are?
Painting reproductions (like the one by Gustav Klimt above) and bookshelves.

did you see something strange today?
A small insect while i was cleaning the bathroom.

what do you think of this meme?
Fun!
which was the last film that you saw?
From beginning to end? Balzac and the little Chinese seamstress. Lovely!

if you became a multimillionaire overnight, what would be the first thing that you’d buy?
A ticket to Europe

tell us something about you that we don’t yet know
I've said almost everything... I have plenty of little moles on my face, the so called "grains de beauté"!

if you could change something in the world apart from culpability and politics, what would you change?
I would erase prejudice

do you like dancing?
I'd love to know how to dance, but i don't.

georges bush?
I won't waste words on him.

which name would you choose if you had a girl?
Alena

and if it was a boy?
Ulisses or Fernando

have you ever thought about living in a foreign country?
I think about that almost everyday.

what do you want god to tell you when you go through the doors of paradise?
"You should have had faith!"

which are the 4 other bloggers that you'd love to tag:
everyone who wants to do this meme is invited!

Muffins de centeio com banana e maçã

(Nota: Eu tinha escrito farinha de cevada, mas é farinha de CENTEIO, acho que escrevi certo só em um lugar, não sei onde estou com a cabeça!)

Fiquei procurando receitas para usar minha farinha de centeio e achei esta aqui em um suplemento do jornal "The Guardian", não conhecia o suplemente e gostei bastante, há receitas para todos os gostos divididos por chefs. Também gostei bastante do resultado da receita, eu fiz, como sempre, algumas modificações, tinha uma banana sobrando e acabei colocando junto com a maçã, cuja quantidade considerei mínima. Não usei manteiga, mas cerca de 60ml de óleo de canola e também não coloquei o golden syrup (pode ser substituído por mel, melado ou karo) e achei que não faltou doçura. A receita é para um bolo, mas assei em forminhas de muffins para poder congelar. Descobri que a banana extra tornou a massa um pouco mais úmida do que tinha imaginado e tive que tomar cuidado para desenformar os muffins, mas estavam deliciosos! A farinha de centeio também me surpreendeu, o sabor não é muito diferente da farinha integral.


Muffins de centeio com banana e maçã

1 maçã média (cerca de 125-150g) /(Coloquei uma banana extra)
canela para polvilhar
75g de amêndoas em lascas
150 g de farinha de centeio
2 c chá de fermento em pó
75g de manteiga sem sal (substituí por cerca de 60ml de óleo de canola)
50g de golden syrup (aqui pode ser substituído por mel, melado ou karo. Eu o suprimi.)
100g de açúcar mascavo
75ml de leite
1 ovo
açúcar demerara (opcional)

Unte uma forma de bolo inglês (cubra o fundo com papel manteiga para facilitar) e preaqueça o forno à 170C.
Descasque, retire as sementes e corte a maçã em pedaços de 1cm, polvilhe com canela e reserve.
Moa 50g das amêndoas (reserve o resto para polvilhar no final), junte à farinha e ao fermento.
Aqueça a manteiga, o golden syrup e o açúcar mascavo em uma panela em fogo baixo até que o açúcar dissolva (sem ferver ou aquecer demais, eu não fiz essa parte, pois não usei manteiga e não coloquei o golden syrup ou qualquer outro substituto). Retire do fogo, adicione os ovos batidos e misture aos ingredientes secos. Misture a massa às maçãs e derrame tudo no forno. Dê leves batidas na forma para que não ser formem bolhas na massa. Polvilhe com as lascas de amêndoas restantes e um pouco de açúcar demerara. Asse por 35-40min ou até que inserindo o palito, ele saía limpo. Corte depois de frio.



*******************************

I was looking for a recipe to use some rye flour I had left and found this one here. I liked the recipe, but changed it a little. I added a banana to it and substituted the butter for canola oil (about 60ml). The golden syrup was gone too and I think that the muscovado sugar gave it all the sweetness that it needed. I baked the cake in muffin tins because i wanted to freeze some of them. The muffins turned out great and the rye flour was just as good as whole wheat flour.

5.10.06

6 coisas sobre mim

A Dadivosa e a Fernanda responderam este meme eu decidi manter a bola rolando. Devo listar 6 coisas sobre mim (como se já não tivesse escrito o suficiente!)


1. Sou extremamente obsessiva, meio parecida com o Monk (personagem de uma série americana). Só consigo dormir depois de listar mentalmente se tranquei a porta da sala, da cozinha, o portão. Se não deixei o forno aceso após usá-lo e se a geladeira está bem fechada (ela deveria acionar um alarme quando é deixada aberta, mas se a fresta é pequena ela não faz isso!).

2. Fiz um curso de ufologia quando era adolescente junto com uma amiga. Era a época em que o Arquivo X era a sensação do momento e eu tinha (cof cof cof) um fraco por coisas "exóticas". Não me lembro onde foi que vi um anúncio do curso, ele era realizado todos os sábados à tarde nos fundos de uma lojinha de produtos naturais. As pessoas que participavam do curso eram no mínimo curiosas (para não dizer esquisitas!). O que aprendemos foi mais ou menos o seguinte: haveria uma confederação extraterrestre da qual a Terra estaria excluída. Haveria ETs bons e ETs maus, os maus seriam aqueles que abduziriam pessoas para fazer estudos e seriam baixinhos, escuros e teriam grandes olhos; os bonzinhos seriam altos, magros, com cabelos e olhos claros... Começamos a achar aquilo tudo muito doido e paramos de assistir o curso quando disseram que eles iam até uma serra local fazer contato com os ditos cujos. O bom senso do grupo foi nos dizer que também achava que deveríamos nos afastar porque éramos muito jovens e poderíamos ser influenciadas de forma negativa...

3. Odeio desorganização, planejo (quase) tudo o que faço.

4. Acredito em trabalhar e ser reconhecida por mérito próprio (devo ser idealista!).

5. Adoro assistir documentários sobre lugares e pessoas. Minha revista favorita é a National Geographic. Gravo o Thalassa (TV5), Gute Reise (DW) e Chiisaina Tabi (NHK) e vou assistindo durante a semana para treinar meu ouvido para as línguas. Acho que ao procurar compreender outras culturas, descobrimos muitas coisas sobre a nossa.

6. Não gosto de usar maquiagem, não consigo. Fiz até um curso de automaquiagem para que ninguém diga que eu não uso porque não sei aplicá-la. Aprendi e aposentei meus apetrechos. Eu me borro toda, passo os dedos nos olhos e enxugo os rosto. Não dá. Também não consigo manter os dedos manicurados por mais de um dia, nas raras vezes em que fui a uma manicure eu já sai com as unhas borradas por mexer na carteira ou esbarrar em algo. Cabelo também é um problema, odeio ir ao cabelereiro. Vou quando não tem mais jeito, na época em que usava franja eu me postava na frente do espelho do banheiro e a aparava (ficava bom).


(Espero não ter assustado ninguém!)