1.1.08

Filmes de final de ano

A noite do dia 31 foi tranqüila, como planejado, jantamos cedo, assistimos a um filme para matar o tempo até a meia-noite, abrimos um champagne, bebericamos um pouco e fomos dormir. Aliás, assisti a dois filmes muito bons nos feriados, o primeiro foi o último filme do Robert Altman, chamado A prairie home companion (acho que virou "A última noite" no Brasil), sobre uma rádio que faz espetáculos ao vivo e está fechando. O segundo chama-se Breakfast on Pluto (Café da manhã em Plutão), sobre um órfão que cresce em uma pequena cidade irlandesa por volta dos anos 60 e parte em busca de sua mãe em Londres. Ele é homossexual, gosta de se travestir e é irlandês, o que não torna sua vida fácil na cidade, mas ele não perde o bom humor e procura ser sempre positivo. É um tipo de fábula. Filme longo, mas nem senti o tempo passar, faltavam cinco minutos para 2008 quando acabei de vê-lo. A última frase do filme, uma citação do Oscar Wilde, é perfeita e poderia ser o lema deste blog:




"I love to talk about nothing. It's the only thing I know anything about."
("Adoro falar sobre o nada. É a única coisa sobre a qual sei algo.")


3 comentários:

LUIZ SANTILLI JR. disse...

Karen

Hoje é o começo de mais uma etapa em nossas vidas, rumo ao nossos destinos!
Que este 2008 seja um grande passo em sua caminhada, com a concretização de seus sonhos mais cobiçados!

Abraço e beijo do amigo Santilli
BOA LEITURA

Billy disse...

Olá Karen,

Eu adorei o Breakfast on Pluto! Foi um dos meus filmes favoritos, com aquela personagem maravilhosa, que atravessa uma vida difícil cheia de inocência e candura. Já para não falar dos figurinos, dos acessórios, da banda sonora...

Beijinhos vindos do sul do mundo!

Karen disse...

Oi, Billy! O filme é mesmo muito bom! Apesar das situações tristes, o personagem principal tem um astral ótimo! Beijos!