6.1.11

Das coisas que acontecem quando se mora no mato


E o dia amanheceu assim, rua cheia de água, algumas casas alagadas e a estrada que vem para cá inundada. Ficamos ilhados, isso já se tornou algo comum na época das chuvas. No final da tarde a água baixou o suficiente para que os carros pudessem passar, mas precisamos ficar de olho na  (im)previsão do tempo. Nosso estilo de vida não exige que saiamos de casa todos os dias, então o problema não é tão terrível, mas sempre fico com medo de que a água suba muito. 

Ainda bem que resolvi o problema do gás ontem, não daria para alguém vir trocar o botijão e eu ficaria reduzida ao micro-ondas. Ah, as delícias da vida no campo!

10 comentários:

Sarinha disse...

Ah...agora sei bem o que é isso!! Tô morando no mato tb!

E a chuva ñ vai embora mais ñ é??rs

Bjos

Anônimo disse...

que bairro gostoso de ser morar, arborizado, muito verde, gostei do lugar.
penso seriamente quando voltar ao Brasil, morar no interior de SP, com filhos acho que é bem mais tranquilo.
madoka

Quéroul disse...

eu moro num lugar bem parecido!! mas aqui nunca encheu não.
mas já fiquei numa fazenda ilhada, e sei que é bem trash. fora que eu via de longe uma baita pororoca que formou na enchente. medo.

Karen disse...

Sarinha, pois é, a chuva não para mais! Morar no campo tem suas vantagens, mas também suas surpresas.

Madoka, acho bom ter espaço para filhos, eu nunca morei em apartamento e acho que não me acostumaria muito facilmente.

Quéroul, o rio passa muito perto e a área é bastante plana, aí, já viu né?

ameixa seca disse...

Aqui é igual! A sorte é que vivo no alto do monte, a água nunca chega a engolir a aldeia he he

Karen disse...

Ameixa, pelo visto, esse é um problema que ocorre em todos os lugares atualmente...

aline naomi disse...

Nossa! O.O

Eu ficaria meio em pânico de ver essa água toda! Várias partes de SP também estavam meio assim porque a água não conseguia escoar...

Estou torcendo pra chuva parar logo pra você não ficar que nem as pessoas do "Lost"! =)

Karen disse...

Aline, tenho mais medo de água nas cidades do que aqui. O tempo deu uma melhorada, ainda bem!

Turmalina disse...

Também moro no mato e toda vez que chove muito o Rio Atibaia sobe e ficamos ilhados.Ninguém entra e ninguém sai até baixar a água.Na última quinta feira tivemos de esperar mais de 6 horas na cidade para poder passar.

Karen disse...

Turmalina, o rio é mesmo! Terrível isso!