2.9.11

Escondidinho de bacalhau



Sempre compro bandejas de lascas de bacalhau, o preço é bom e posso guardar na geladeira. Quando preciso, apenas deixo de molho de um dia para o outro (ou por algumas horas no mesmo dia), escorro, coloco em uma panela com água fervente, tampo, espero esfriar e uso. 

Gostei da ideia do escondidinho especialmente porque leva muitos vegetais, só não tinha a couve. Fiz o purê usando mandioca cozida, um pouco de creme de leite, manteiga e leite. Coloquei tudo no processador, o leite foi sendo adicionado até que a mistura atingisse a consistência de purê cremoso. Mas você pode prepará-lo da forma que desejar, acrescentando requeijão, por exemplo.

Não segui as medidas exatas, a receita abaixo é para uma porção individual. Tive preguiça de multiplicar e pesar as quantidades, foi tudo no olhômetro. Poderia ter deixado gratinar mais um pouco para dar uma dourada, mas, quando olhei, o escondidinho estava começando a transbordar dentro do forno. (Para minha alegria, pois "adoro" limpar as grades do forno). Recomendo o uso de um refratário um pouco mais alto.




Escondidinho de bacalhau


300g de bacalhau demolhado
20g ou 2 colheres de chá de cebola
30g ou 1 colher de sopa cheia de tomate sem pele ou sementes picado
10g ou 1 colher de sopa de salsinha
30g ou ¼ de folha de couve
20g ou 2 colheres de chá de cebolinha
20g ou 2 colheres de chá de alho-poró picado (parte branca)
1 azeitona verde
10g ou 1 colher de chá de manteiga
20ml ou 2 colheres de chá de creme de leite
70g ou 2 ½ colheres de purê de mandioca
40g ou 2 colheres de sopa de batata doce picada
10ml ou 1 colher de chá de azeite
10g ou uma polvilhada de queijo parmesão
Sal a gosto



Saltear o bacalhau demolhado em azeite e manteiga. Adicionar a cebola e o alho-poró até que fiquem translúcidos. Adicionar o tomate, a cebolinha, a salsinha picada, a azeitona verde picada, a batata doce e o creme de leite. Verificar o tempero e reservar. Colocar essa mistura num recipiente que possa ir ao forno e cobrir com o creme de mandioca e o parmesão. Levar para gratinar.


6 comentários:

Dadinha disse...

Como sabes cá em Portugal adoramos bacalhau e cá em casa não fomos excepção. Esta receita parece-me deliciosa, vou tentar este fim de semana.
Bj :)

Quéroul disse...

ai, deve ser tão, tão, TÃO ruim que eu choro aqui porque você TEVE que comer isso aí.

COITADA!
=***

tatiane disse...

Ontem mesmo estava com desejos de comer bacalhau. nham-nham!
Ah, para em poupar da alegria de limpar o forno, coloco sempre uma forma de pizza embaixo do refratário ;)

Karen disse...

Dadinha, espero que goste, ela é bem nutritiva!

Quéroul, para ser honesta, não achei tão bom quanto imaginei, talvez um catupiry no purê tivesse dado um "tchan" a mais, de qualquer forma, ruim não estava. rs

Tatiane, eu tenho que adquirir esse hábito, sempre penso "ah, não vai acontecer" e, surpresa, muitas vezes acontece!

sonia disse...

Karen, eu resolvi o problema do derramamento de cremes e molhos em pratos de forno. Sempre coloco uma assadeira por baixo da forma. Com lasanha, então, nem se fala...
Acabou o trabalho de limpar grades.

Karen disse...

Sonia, é, eu também preciso fazer isso, mas gosto de viver perigosamente... rs