29.7.06

Pão de resíduo de soja (okará)

Eu e este pão temos uma relação de amor e ódio, a receita é do blog da Akemi. Deixe eu explicar melhor, já tinha tentado fazê-lo na primeira vez que preparei okará, mas o primeiro crescimento do fermento não deu certo e a massa não cresceu. Mas não desisti, fiz okará outra vez e fiz o pão novamente! Desta vez deu certo e os pãezinhos ficaram deliciosos, adocicados e macios. Não cresceram tanto quanto o da Akemi, mas ela sempre ganhou nesse quesito. rs
Quando as pessoas ouvem falar em "soja" sempre ficam imaginando que o sabor deve ser esquisito ou desagradável, mas isso é preconceito. O pão não tem gosto nenhum de soja, ele é rico em fibras e delicioso.


Pão de resíduo de soja

Ingredientes:
Fermento:
- 3 colheres (sopa) de fermento de pão ou um pacotinho de fermento biológico (usei 10g do fermento seco para pão)
- 3 colheres (sopa) de açúcar
- 1 xícara (chá) de água morna

Massa:
- 1/4 de xícara (chá) de óleo de soja
- 3 colheres (sopa) de açúcar
- 1 colher (sopa) rasa de sal
- 2 xícaras (chá) de resíduo de soja (okará)
- mais ou menos 5 xícaras (chá) de farinha de trigo comum

Modo de preparo:

Fermento:
Em um recipiente (eu usei uma bacia muito grande na primeira vez e o fermento não cresceu, use um recipiente no qual o líquido não fique muito espalhado), dissolver o fermento com água e adicionar os demais ingredientes. Cobrir com plástico e, deixar em repouso para crescer, por 15 minutos. Se o fermento não der uma crescida após os 15 minutos pode ter certeza de que nem adianta continuar a receita, faça tudo outra vez.

Massa:
Misturar ao fermento o resíduo, o açúcar e o óleo. Adicionar aos poucos, a farinha de trigo, trabalhando a massa até que os ingredientes se unam e a massa se desprenda dos dedos. Sovar bem na mesa até ficar uma massa macia. Moldar os pães no formato desejado, dispôr em formas untadas e polvilhadas com farinha de trigo, deixar crescer por uma hora e, assar por 30 minutos em forno pré-aquecido(180oC).



***************************

These are wonderful okara (bean curd refuse) breads! It took some work to make them because i had to prepare the okara first, but they were worth it!


Okara Bread

For the sponge:
In a large bowl combine together 10 grams dry yeast, 3 tablespoons sugar, and 1 cup warm water (100 to 110 F). Let stand for 15 minutes.

¼ cup oil
3 tablespoons sugar
1 tablespoon salt
2 cups okara

3 to 4 cups flour

Add oil, sugar, salt and okara to the sponge after it bloomed. Mix well together and then start adding flour to the mixture, ½ cup at a time, until you get a smooth dough that doesn’t stick to your hands (you may or may not need all the flour). Put the dough on a bowl, cover with plastic and let it rise until doubled in size, about 1 hour.
Shape dough into desired shape, place it on greased baking sheet and let it rise for 20 more minutes. Bake bread at 350F for 20 to 30 minutes, depending on size of your bread.
Note: I baked mine in muffin tins and it took 20 minutes total. Also, the recipe did not say anything, but I brushed my rolls with egg wash before baking.


12 comentários:

Akemi disse...

Você conseguiu, Karen! Estão lindos! Que bom que gostou do sabor, é isso mesmo que vc escreveu, são macios e não tem nenhum gosto do okara. Acho que vc é como eu, quando cismo com um receita, vou tentando até acertar...rs

Ana disse...

Estao lindos mesmo Karen!! Amanha vou fazer os meus, tomara q fiquem tao gostoso como os seus e da Akemi, estou empolgada com a soja agora, hehehe!!
E q bom q nao tem gosto de soja, pois meu receio era esse... so tava vendo meu marido torcendo o nariz se tivesse um gosto diferente. Mas agora fiquei mais tranquila, e tbem ja aprendi a licao: ninguem precisa saber q eh de soja! hehe!
Beijos!
Ana

Karen disse...

Akemi, acho que tudo é uma questão de ajustes, rs

Ana,a única exceção é se alguém tiver alergia! rs

valentina disse...

Que lindos os teus pães Karen! Que bom quer persististes pois valeu a pena,ne?!

Karen disse...

Valentina, valeu sim!

Ana disse...

Karen, fiz tbem, ficaram deliciosos, muuuito bom e super macios! Te mandei uma foto pelo e-mail, depois vou postar la no meu blog tbem!
Ana

Karen disse...

Ana, precisamos agradecer a Akemi por ter encontrado a receita!

renata disse...

Tão real a foto que parece que eles estão diante do meu nariz. És uma fotógrafa de primeira além, claro, de ser uma excelente cozinheira e gourmet. Soja está se popularizando, ainda bem. Nos mercados faz um tempinho até leite condensado feito com leite de soja. Novos tempos !

Karen disse...

Obrigada, Renata! Este pães estão fazendo um grande sucesso. Eu ainda não experimentei o creme de leite e o leite condensado de soja, tenho minhas dúvidas sobre o sabor...
Acho que as pessoas estão mudando os hábitos alimentares, isso é bom.

Patricia disse...

Nunca soube direito o que fazer com tanta okará aqui em casa. Agora eu sei! rs Esses pãezinhos ficaram deliciosos, realmente muito bom! Um dos melhores que já comi.
Se tiver mais receitas com resíduo de soja, vai ajudar muito! Pois infelizmente acabo tendo que jogar fora por falta de criatividade =/
Obrigada por compartilhar a receita =)
abraços!

Karen disse...

Oi, Patricia! Faz tempo que não faço receitas com okará. Sei que dá para refogar, fazer curries, mas não gosto muito. Se fizer algo interessante eu coloco no blog.
Que bom que gostou dos pães!
Abraços!

nalva fabricio disse...

nossa sou nova aki,mais de cara ja amei seu blog..e esse pao super charmoso..parabens..