14.11.06

Almoço com a Miki!

Miki e o Haku

Fiquei dois dias em SP (de domingo até terça), O participou de um evento na Usp e ficamos hospedados em um hotel na Rebouças, o Lorena Hotel Internacional. O serviço é bom e os funcionários são atenciosos, mas ele é bem caidinho, com pinta de hotel que conheceu tempos melhores (há algumas décadas), mas como ele mantém um convênio com a universidade, não tivemos muita opção.


Comecei mal a minha estadia na cidade, chegamos na tarde de domingo morrendo de fome e fomos jantar cedo, escolhemos a Cantina do Piero, eu me arrumei, coloquei uma saia e botas de cano alto, estava me sentindo muito chique. Quando estávamos na calçada caminhando em direção a um táxi na frente do hotel, eu me estatelei no chão. Não tive tempo de pensar em nada, o mais surpreendente foi a rapidez com que me levantei! O nem teve tempo de me dar a mão, deve ter sido o vexame e o susto! Voltamos para o quarto, eu joguei fora a meia calça rasgada e coloquei um band-aid no joelho ralado (sempre ando com band-aids, por que será?). Vesti uma calça e calcei uma sapatilha e fomos novamente procurar um táxi. Felizmente, cheguei no restaurante inteira. A Cantina do Piero é decorada com bandeiras de times de futebol e de outros países e as paredes estão forradas com fotos da Itália e de pessoas conhecidas que passaram por lá, como várias cantinas típicas. A comida é bem farta e tem um preço bom. Pedimos uma salada mista enorme que serviria umas 4 pessoas (na salada: erva-doce, vários tipos de alface, chicória, rúcula, agrião, palmito e tomate temperados com um molho com bastante azeite). A salada e o couvert (pão italiano, azeitonas, sardela, berinjela e manteiga) já tinham saciado a nossa fome, mas eu ainda fui de canja (fazia frio na cidade!), que não achei tão suculenta, e O de pescada frita. Tudo regado com um Chardonnay da Finca Flichman, um vinho argentino que pode ser encontrado à venda também em supermercados. Boa e honesta comida.


No dia seguinte, fui até a Liberdade comprar algumas coisinhas logo cedo, estava à procura de algo que, em inglês, é chamado de "shrimp paste", na Marukai, um vendedor me deu um pote de molho Hoisin dizendo que aquela era a tal "pasta de camarão", fiquei desconfiada, mas achei que poderia usá-lo em outros pratos se não fosse aquilo e o comprei.


Voltando para o hotel, liguei para a Miki, do Cabeça Gorda (entre outros muitos blogs), e ela veio me buscar para conhecer seu apartamento e seus lindos, lindos, lindos, yorks! Ela tem um casal de yorkshire terriers e a fêmea, a Kiki, recentemente teve três filhotes, eles estão com menos de dois meses agora e são umas coisas fofíssimas! O macho, o Haku, é muito "saidinho" e ficou pulando no meu colo e trazendo uma bolinha para eu brincar com ele. Não sei como não o sequestrei antes de ir embora!


Parece que conheço a Miki há anos, foi tão normal ligar para ela do hotel e perguntar se ela viria me buscar sem nunca tê-la visto ou ouvido sua voz antes, mistérios das amizades feitas pela net! Conversamos bastante sobre várias coisas, ficamos vendo os cães se divertirem pela sala e almoçamos juntas. No cardápio um filé de frango com molho de mostarda de cassis, receita da Akemi que, de certa forma, também estava lá conosco, bem como a Sonia Novaes, pois levei uma lembrancinha adquirida na casa dela para a Miki. O frango estava delicioso, na verdade, estava tudo muuuito bom, uma comida caseira para ninguém botar defeito! Provei seu gâteau de batata e alho poró e a receita está aprovadíssima! Aliás, tudo está mais do que aprovado! De sobremesa, pêras cozidas com vinho, sorvete e iogurte caseiro. Tudo regado com um espumante Salton aberto para comemorar nosso encontro, não podia pedir mais nada, né? (Fiquei com dó do O que comeu muito mal na Usp e estava se sentindo meio enjoado à tarde, quando voltamos a nos encontrar no hotel).


Enquanto a Miki cozinhava eu folheava seus livros de cozinha, foi por meio de um deles, um livro de culinária chinesa, que descobri que o molho Hoisin não é o "shrimp paste", até que fiquei aliviada com o meu engano, pois a descrição da pasta de camarão não era das mais encorajadoras: "pasta feita com molho de soja e camarão fermentado, deve ser usada com moderação". Para não dizer que eu não dei nenhuma mãozinha à Miki enquanto ela cozinhava, eu posso dizer que ajudei a lavar alguma louça, só espero não ter deixado nenhuma sujeirinha nos pratos e talheres...


Foi mais um encontro gratificante e caloroso! Adorei ter conhecido a Miki, sua casa, seus trabalhos, suas bonecas, seu ateliê... Ela é uma pessoa de muito alto astral, criativa e energética! Espero que voltemos a nos encontrar muitas e muitas vezes! (Além disso, não sei se consigo ficar muito tempo longe do Haku!).

O pote de biscoitos (receita aqui) que a Miki me deu (Miki, dá para ver que os biscoitos sofreram uma pequena redução de um dia para o outro, não dá? Oops, O acabou de me avisar que pegou outro!)



Clique nas fotos para ampliar

Broche feito pela Miki, eu não resisti e comprei! Essas mulheres prendadas acabam com as minhas finanças!

16 comentários:

Janete disse...

Nossa, q legal vc ter conhecido a miki pessoalmente, achei interessante o comentario sobre as amizades via internet, ainda n tive a chance de experimentar essa sensação. E seu joelho, ja sarou? Levo band-aids p todo lugar tambem, nunca se sabe.

valentina disse...

KAren, tava com saudades. Ah, mas que bacana este encontro. E a foto da Miki está ótima.Que broche bonito menina.Realmente quem resiste a esta beleza!

Fezoca disse...

Karen, eh muito bom esses encontros! Pra mim eles sao bem esparços, pois moro onde judas perdeu as botas. Mas eh uma experiencia muito legal, especialmente quando encontramos alguem que parece que ja conheciamos ha seculos - tipo amiga de infancia! beijao pra voce! :-)

Sonia Novaes disse...

Karen

Eu sabia que vc gostava de quebrar vidros...mas equilibrar em salto e ralar o joelho...não...he!he!
Que vc continue assim:ampliando suas amizades a cada dia,tb gosto de conhecer pessoas novas... a cada viagem que faço, conheço uma pessoa diferente...guardo para sempre no meu coração...
quero conhecer também a Miki...
Beijos no coração...
Sonia Novaes

Pava disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
mikibrasil disse...

karen querida!
eu tinha certeza de que vc ia postar sobre o nosso encontro! então, para não fazer feio, tb fiz um post antes de sair à noite (só voltei agora há pouco)!

vc é que é muito especial e sensível!

que nossos encontros continuem a acontecer onde quer que estejamos! isso vale pra todas que estão aqui :-)!

sonia, adorei os lindos tapetinhos! foi um pouco como se eu tivesse te conhecido pessoalmente também :-). li algumas de suas histórias e são tão boas! vc escreve muito gostoso!

bjs a todas,

miki

miki w. disse...

ah! esqueci de comentar 3 coisinhas:

que bom q vcs gostaram dos cookies da valentina :-D! só um agradinho, fico muito feliz!

eu é q fiquei com vergonha da visita lavar a louça logo na primeira vez que nos conhecemos! domo arigato né, karen!

o haku exerce esse incrível fascínio pelas pessoas huhuhu. mal sabem elas o quão demoníaco ele pode ser quando está a sós com os donos da casa e encasqueta que quer brincar de bolinha à uma da manhã hehehe.

+ bjs! miki

Eliana Scaramal disse...

Karen que pena o acidente que sofreu, mais vejo que ficou tudo bem. E que delícia de encontro é tão bom conhecer gente nova. Estou em Sampa também quando vier me avise.rs Eu faço um peixe na telha pra você. hehehe

Akemi disse...

Karen, vc é muito menininha!!! Adorei te conhecer, sabe que fazia outra idéia de vc? Fico muito feliz pelo encontro, quantas coisas gostosas, puppies fofíssimos e tenho certeza de que a conversa foi pra lá de ótima!
Espero que seu joelho esteja melhor, imagino a raiva! Parece que estas coisas só acontecem conosco ne?

Karen disse...

Janete, a vergonha foi maior do que o machucado, foram só mais alguns arranhões para a minha coleção!

Valentina, beleza de broche, né?

Fezoca, espero que em breve a gente se encontre!

Sonia, eu tenho que confessar que a bota não tinha salto... Eu cai de madura mesmo... rs

Miki, espero que os blogs continuem proporcionando encontros felizes para todos nós!
Você tem razão a Valentina também estava presente no encontro com os seus biscoitos!
Bolinha a uma hora da manhã? Isso é demoníaco mesmo! rs

Eliana, pode ir esquentando a telha! rs Espero encontrá-la sim!

Karen disse...

Akemi, você acha? Logo serei balzaquiana!
O encontro foi muito bom, espero que vc venha um dia para nos encontrarmos! A queda foi apenas mais uma em meu vasto currículo, a segunda que levo em SP! Sou um desastre ambulante!

Regina disse...

Karen,
suas receitas são ótimas, estou sempre acompanhando. Espero um dia chegar a esse nível de conhecer pessoalmente quem só conhecemos virtualmente.
Bjos
Regina

Luciana disse...

Que legal o seu encontro com a Miki. Adorei as fotos, os comentários, os pratos. Se não fosse pelo seu relato nós não teríamos oportunidade de conhecer a Miki e o seu trabalho (lindos os colores e demais objetos). Parabéns Miki; e fiquei particularmente feliz em ver você no blog da Miki,é a primeira vez que vejo uma foto sua. Concordo com a Akemi, você é uma menininha, e é linda; e é espantoso uma pessoa tão jovem ter tanta maturidade. Adorei vocês duas.

miki w. disse...

Luciana, obrigada! q bom q vc gostou!
(Karen, sorry por usar o seu blog para agradecer - rs)!
bjs a todas, miki

Karen disse...

Regina, obrigada! É uma experiência especial conhecer as pessoas por trás dos blogs...

Luciana, obrigada pelos elogios!

Miki, sem problemas! Fique à vontade!

Patricia disse...

Karen, que bacana!
O seu encontro foi bem animado!