26.5.08

Die Verwandlung - Franz Kafka

Quem conhece o blog há algum tempo sabe que ele não foi nomeado em homenagem ao escritor Franz Kafka, mas inspirado no título de um romance do escritor japonês Haruki Murakami.

Talvez decepcione algumas pessoas, mas tenho que confessar que Franz Kafka nunca foi um de meus escritores favoritos, li O Processo e achei aquela história angustiante e opressiva. Nunca fui além de algumas páginas de O Castelo e devo ter lido a Carta ao pai algum dia, mas não me lembro de nenhuma frase.

Die Verwandlung, ou A metamorfose, foi uma agradável surpresa. Resolvi ler a versão bilíngue, alemã-italiana, de O. e gostei bastante da história. Se há algo que admiro em Kafka é a simplicidade e objetividade de sua escrita, características que tornam as situações que ele narra ainda mais bizarras.

Ao contrário do que imaginava, Gregor Samsa, o personagem principal de A metamorfose, não se transformou em uma barata como li em alguns lugares no passado. O primeiro parágrafo diz claramente que Gregor Samsa acordou e descobriu que se transformara em um "inseto monstruoso", ponto.

Li quase tudo em alemão, às vezes dava um olhada na versão italiana, mas descobri que preciso melhorar muito meu vocabulário nessa última língua...


5 comentários:

Ziza disse...

Metamorfose rules. Já, como você, achei O Processo desgraçadamente opressivo (lembra Crime e castigo, não acha?). Mas este foi o objetivo: aquela horrível sensação de mofo nas gravatas...

Quanto ao inseto, é verdade, ele nunca diz que é uma barata mas as descrições que ele faz nos levam a crer que só pode ser uma rica baratinha.

Beijos,

lunalestrie disse...

Karen, li uma tradução mesmo, mas mesmo nela não há a palavra "barata". A idéia de que seja uma barata deve-se às descrições - não é definitivo, mas acho difícil pensar que não seja uma barata depois que se popularizou como sendo, rs.
Li também uma versão em quadrinhos muito bonita, mas não lembro o nome do ilustrador...

Noé disse...

Sua sinceridade empolga!

Noé
http://consiliencia.blogspot.com/

Kovacs disse...

Livro fabuloso, lembro que li de uma só vez sem conseguir parar.

Karen disse...

Ziza, adorei a expressão "rica baratinha"! Na verdade gostei mais de "Crime e castigo", vai entender... rs

Luna, a gente pensa em inseto repugnante e já pensa em baratas! Coitadas! rs
Interessante essa história dos quadrinhos! Deve ter ficado divertido!

Obrigada, Noé!

Kovacs, fabuloso mesmo! A história é muito envolvente!