11.7.11

Torta de frango rápida


Outra receita do "30-minute meals" do Jamie Oliver. Como vocês sabem, não costumo fazer anotações enquanto assisto aos programas na tv, mas não há segredo: refogue alho e cebola em uma panela com um pouco de óleo, junte pedaços de peito de frango em cubos, deixe dourar um pouco, adicione os temperos que quiser (usei sal, pimenta e alecrim), um pouco de água ou caldo de frango, cogumelos (ou os vegetais que quiser, desta vez, usei palmito), polvilhe um pouco de farinha (uso mais ou menos 1/2-1 c sopa, isso depende da quantidade dos demais ingredientes, depois de fazer uma vez fica mais fácil acertar a consistência quando repetir a receita), para que não fique completamente líquido, e creme de leite.

Coloque a mistura em um refratário e cubra com massa folhada (é só cobrir mesmo, dobrando as sobras das laterais da forma mais artística que conseguir), leve ao forno para assar e espere dourar. O ideal é que o refogado de frango fique ligeiramente mais grosso, não totalmente líquido, pois ele continuará cozinhando no forno e pode acabar secando. Pense em um estrogonofe com uma quantidade razoável de caldo. Quando tirei a foto, a torta já estava meio fria e o caldo tinha dado uma boa engrossada (e uma boa evaporada). 

O frango cremoso e a cobertura crocante da massa fazem uma ótima combinação. Foi a segunda vez que preparei, usei uma massa folhada da arosa, mas gostei mais da marca massa leve que usei na primeira vez, achei que ela cresceu mais e dourou de forma mais uniforme.


9 comentários:

ameixa seca disse...

Adorei, especialmente porque tem a massa folhada por cima, fica sempre mais apetitoso :)

Karen disse...

Ameixa, se fica!

Quéroul disse...

achei bem linda. pensei que eram batatas, mas vc explicou serem palmitos, e eu consegui amar até mais a ideia, se isso é possível!

:)

tô com saudade de comida de forno; ainda não me atrevi a ligar o forno da casa. hoje eu fui cozinhar macarrão, e reclamava da demora (porque aqui é forno elétrico e é bem esquisito lidar com fogão sem chamas), e a roomie chinesa me explicou que era porque eu super tinha ligado a boca da frente e botado a panela na boca de trás. ou seja, ia demorar MUITO mesmo pra minha água ferver.

como vê, sucesso de culinária internacional!

=*

Karen disse...

Quéroul, com cogumelos também fica muito bom, o palmito deu mais volume e a torta rendeu duas refeições. rs

Eu nunca usei um forno/fogão elétrico, sou um ser bem primitivo e acho que também iria dar vexame. :/

Ana disse...

Eu tbem gosto da combinacao recheio cremoso e massa crocante/folhada! Faco muito aqui em casa com a massa filo (phyllo dough), adoooooro!!!
Aqui eles chamam de pot pie!
Bjs
Ana

Karen disse...

Ana, é verdade, "pot pie" estava tentando lembrar qual o nome! Nunca fiz com a massa filo, imagino que deva ficar muito boa também!

Georgia disse...

Oi Karen, acabei de comprar os ingredientes e vou fazer para o jantar, rs.

Depois te envio foto.

Ah, acabei nao fazendo o salmon, é que de última hora fomos convidados e ai seguimos outro rumo.

Bjao

Karen disse...

Espero que goste, Georgia!

moranguita disse...

hum tem mesmo bom ar e vindo do jamie e sucesso sempre
beijocas