24.7.06

Como obter leite de soja e okará (resíduo de soja)

A Akemi do blog Pecado da gula vive postando receitas deliciosas que levam okará (resíduo de soja) e eu tenho dificuldades em achá-lo à venda por aqui. Entretanto, o problema foi resolvido, eu aprendi a obter o okará dos grãos de soja vendidos nos supermercados. Se a montanha não vai até Maomé, Maomé vai até a montanha! De quebra ainda sobra o leite de soja, dá para fazer tofu com ele, mas eu não tinha o produto químico para a coagulação.

Vi a receita em um programa de culinária japonesa da NHK (a tv japonesa), usei as mesmas medidas, mas há uma receita no site da Embrapa, lá você também encontra as receitas de tofu e outras que usam o okará. Achei o leite de soja obtido muito mais agradável do que aqueles que estão no mercado, ele não leva espessantes, açúcar e baunilha e você pode fazê-lo mais espesso ou ralo dependendo da quantidade de água que colocar.

Leite de soja e okará

300g de grãos de soja secos
cerca de 3l de água

Limpe e lave os grãos e deixe-os de molho em água de um dia para o outro (para a água, calcule cerca de 3 vezes o volume de grãos). Eles vão inchar bastante.


No dia seguinte leve 1 litro de água para ferver em uma panela grande.


Bata os grãos com a água no liquificador aos poucos (adicione mais água para ir batendo) e junte essa mistura à água fervente, cozinhe em fogo médio misturando sempre para não grudar no fundo. Quando levantar fervura (ele sobe como o leite), desligue o fogo e deixe esfriar. Filtre o leite de soja usando uma peneira forrada com um pano de queijo ou pano de prato limpo, esprema bem. O resíduo que fica no pano de prato é o okará. Agora é só empregar!


Na primeira vez que fiz, achei o leite meio ralo e diminui a quantidade de água, fiz uma segunda vez e achei o leite grosso, creio que o ideal é usar 2,8l de quantidade de água total para fazer o leite.



***********************************


Akemi from Pecado da gula is always posting delicious recipes whose main ingredient is okara (bean curd refuse) which i can't find on sale anywhere here. So I had to make it myself if i wanted to try Akemi's recipes. The process is simple and you obtain not just okara but soymilk as well.
I've seen this recipe on a NHK program.


Okara and soymilk

300 grams soybeans
About 3 liters water

Soak the beans in water overnight; they will soften and get swollen.
On the next day put 1 liter of water in a big pan and bring it to a boil.
While the water comes to the boil, process the soybeans in a blender, adding the water that it was soaked as necessary.
Add the processed soybean mixture to the boiling water and cook over medium-high heat, stirring frequently so that it does not stick to the bottom of the pan. When the mixture reaches the boil, turn of the heat and let it cool down in the pan. After cooled, strain the milk using either cheesecloth or a very fine sieve. The liquid is your Soymilk, and the residue left in the cloth (or sieve) is the okara.



20 comentários:

renata disse...

Leite de soja, amo prepará-lo apesar do trabalho que dá e sempre tomo quase tudo sozinha porque o povo aqui em casa prefere o de vaca. Acho delicioso chocolate quente feito com ele.

Karen disse...

Renata, eu achei o leite feito em casa mais gostoso do que o industrializado, apesar de mais ralo o sabor é melhor. Chocolate quente foi a primeira coisa que fiz, você sabe quanto tempo ele se conserva?

Ana disse...

Que joia vc postar essa receita Karen, alias em excelente "timing", pois eu estou com um saco de graos de soja no armario e uma preguica imensa p/ cozinha-los (leva um tempaozao...), acho q vou fazer leite de soja e usar o okara em alguma das receitas da akemi! hehe!
Obrigada por mais uma dica legal!
Ana

renata disse...

Eu costumo deixar na geladeira por 3 dias sem problema. Quando deixo por mais tempo eu prefiro utilizar nas receitas em vez de tomá-lo normalmente.Acho que 7 dias é o tempo máximo. Por incrível que pareça até o okará tem uma boa durabilidade se ficar em um saco plástico hermeticamente fechado.A minha mãe congela, eu particularmente prefiro deixar na geladeira mesmo porque assim não se forma líquido e a cor não se altera.

valentina disse...

Karen, gostei de ver - resourceful.

Karen disse...

Ana, nunca cozinhei soja, mas fazer okará é rápido.

Renata, obrigada, tinha ficado na dúvida sobre quanto tempo o leite aguentaria.

Valentina, pois é, aprendendo.

Ana disse...

Oi Karen!
Vim responder as duvidas q postou no meu blog. Desculpe responder por aqui, mas eh q estou no laptop do meu marido e to sem meu e-mail aqui...
Mas entao, "half-half" eh simplesmente leite misturado com creme de leite, half milk and half cream.
Como a receita pede 1/2 cup half-half, seria entao 1/4 xicara de leite e 1/4 xicara de creme de leite fresco (ou aqueles de caixinha, sabe qual ne?!).
Eh q aqui eles sao meio (meio?!) folgados e ja vendem o half-half misturados... mas eu geralmente compro o creme de leite e misturo em casa, assim eu tenho sempre o creme de leite se precisar fazer chantilly (pois half-half nao bate chantilly)
O Whipping cream eh o creme de leite fresco, aquele usado p/ bater chantilly, sabe?
Na receita do sorvete porem vc deve medir o creme de leite ja batido, ou seja o chantilly propriamente dito. Sao 2 xicaras de chantilly que vc ira misturar na receita.
Fique a vontade e pergunte sempre que tiver duvidas quanto aos ingredientes q uso aqui. Fico mais do q feliz em ajudar!
Essa receita do sorvete de cookies & cream eh uma delicia, muito boa mesmo, inclusive acho q eh a receita q mais parece realmente ice cream das q eu ja fiz em casa!
Se tiver mais duvidas me escreva, manda e-mail, ou posta la no blog!
Fora do contexto, mas... que pena nao termos nos encontrado enquanto estive no Brasil, ne?! Ainda estou sentida... Mas da proxima vez q eu for com certeza quero conhecer voces!
Beijos!
Ana

Karen disse...

Ana, obrigada pelas explicações, quando tiver dúvidas eu pergunto sim! Estou adorando as receitas de sorvete, preciso arrumar uma sorveteira!
Mesmo estando no mesmo estado nem sempre é fácil combinar um encontro,não é mesmo? Quem sabe da próxima vez, rs.

Akemi disse...

Que engraçado, nunca tive curiosidade em saber como o leite de soja é preparado e ao ver a receita aqui, vejo que é super simples! rs Talvez seja pq aqui tenho tudo na mão e os leites de soja industrializados daqui sejam deliciosos.
Na aparência seu okara está igual ao daqui, pena que seu pão não tenha dado certo.
Vc e a Renata falando de leite de soja com chocolate já me deixaram com vontade e olha que já estou jantada! rsss Êta lombriguenta!

Karen disse...

Akemi, vou experimentar a receita do seu pão outra vez, acho que foi a largura da bacia, não deu para formar a esponja com o fermento. Pelo menos você visita os blogs quando esta de barriga cheia!

Ana disse...

Karen, fiz o leite de soja hoje!!!
Deixei os graos de molho ontem e hoje fiz o leite, porem o meu nao "subiu" como dizia a receita. Cozinhei por quase 20 minutos no fogo medio/alto (mais p/ alto), achei q tava bom, deixei esfriar e coei. A aparencia ta boa, mas ainda nao tomei... sera q deu certo? Alias, eu nao sabia o q era "subir".... se o okara subia a superficie do liquido ou se era p/ ferver o liquido e ia subir igual quando leite ferve.
Ah, outra coisinha, o meu okara tem pintinhas pretas... a minha soja tinha uma partezinha pretinha, vou tirar uma foto doa graos e do okara p/ vc ver como eh. Sera q usei a soja errada???
Bom, eh experimentando q a gente aprende, ne?! hehe!
Me manda um e-mail se vc tiver respostas p/ minhas duvidas, ta?!
anacardia@nc.rr.com
Beijos!
Ana

Karen disse...

Ana, sobre o leite de soja, ele ferve como o leite, viu? Vc fica lá mexendo um bom tempo mesmo e chega uma hora que ele começa a levantar fervura, mas acho que não tem problema em beber o leite se isso não aconteceu. Essa sua soja é engraçada! Deve ser outro tipo, eu não conheço. Tire fotos sim, fiquei curiosa!

Anônimo disse...

Gostaria de aprender a fazer bife de soja. Alguem poderia me ajudar, ou me indicar uma website onde poderei encontrar esta informacao ?

Agradeco antecipadamente,

Simone Stutz

Meu Email: cvasco@telus.net

Karen disse...

Olá Simone! Eu não sei como o bife de soja é feito, só conheço aqueles vendidos já prontos, então sugiro que você passe por alguns blogs vegetarianos, talvez seus autores tenham mais informações. Passe por este blog:

http://cantinhovegetariano.blogspot.com/

Há vários links para sites com receitas e assuntos relacionados ao vegetarianismo. Espero ter ajudado.

Abraços,

Karen

mariel disse...

Li no seu blog q vc não ffez tofu com o leite de soja pq não tinha o coagulante. Bom, aí vai uma forma de coagular bem mais natural que produtos químicos. Aprendi com uma japonesa, que faz dessa forma. Substitua o coagulante por suco de limão com sal (uso o sal marinho) na proporção de 01 ou 2 limões para cada 4,5 litros aproximadamente. Vou colocando as colheradas e mexendo suavemente, fazendo movimentos de corte com a colher. Importante que o leite de soja deve estar ainda no fogo, quente, porém não fervendo. Fica ótimo.
Se essa dica ainda te ajudar...

Karen disse...

Ótima dica, Mariel! Muito obrigada!

silasdm disse...

a quantidade usada pelas industrias de leite de soja e' de 6 a 7% de soja, ou seja 60g de soja para um litro de agua, eu uso um pouco de sal marinho e uma fatia de gemgibre, fica muito bom e o sabor forte desaparece. E' so' uma pequena dica. Sou vegam a 11 anos e gosto muito desta area.

Monica Moreira disse...

Olá, vc sabe qto tempo dura a Okara na geladeira? E congelada? Já fez alguma vez leite de soja com baunilha? Sabe qto coloco em 1 litro?

Karen disse...

Oi, Monica. Eu não sei dizer quanto tempo o okara pode ficar na geladeira ou congelado. Só fiz o leite duas vezes e usei o okara dentro de 2-3 dias. Não tenho muita experiência na área.

Se usar a essência, acho que umas poucas gotas já são suficientes. (Também nunca experimentei fazer isso).

Talvez a Akemi, do Pecado da Gula (na lista de links), saiba mais, ela morou no Japão e costumava preparar pratos com okara.

Anônimo disse...

IMPORTANTE: a soja deve ser fervida e nunca colocada de molho em água fria, pois ela libera uma enzima que retira o cálcio do organismo. (EMBRAPA)